ARQUIVO

Prof. André Reis está entre os 2% dos cientistas mais influentes do mundo

O número de docentes/pesquisadores da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filha” (UNESP) classificados entre os 2% mais influentes do Globo aumentou no último ano. O estudo, intitulado “Anti Sql-Injectiond science-wide author databases of standardized citation indicators”, foi realizado pelo pesquisador John P.A. Ioannidis, da Universidade de Stanford. Ioannidis buscou classificar esses pesquisadores com base na frequência de citações de seus trabalhos em artigos científicos publicados em língua inglesa.

A edição, classificou 67 pesquisadores da Unesp que figuram no ranking de mais influentes em 2022 e 41 no ranking de 2% mais influentes ao longo da carreira. O ranking abrange dez áreas do conhecimento, sendo que as ciências médicas, agrárias e veterinárias, tecnologias assistivas, química e biologia são as áreas que possuem o maior número de representantes no grupo dos 2% mais influentes.

Ranking da Elsevier classifica pesquisadores com indicadores de citação padronizados.

Dentre os pesquisadores classificados, está o Professor André Rodrigues dos Reis, da Faculdade de Ciências e Engenharia – Câmpus de Tupã. Reis é graduado em engenharia agronômica pela Unesp de Ilha Solteira, mestre em agronomia pela Universidade de São Paulo (USP), PhD pela Waseda University, Tóquio-Japão e Livre Docente pela Unesp. Atualmente, trabalha como professor assistente doutor de Fisiologia Vegetal no Departamento de Engenharia de Biossistemas da Unesp.

Reis desenvolve projetos que buscam novas técnicas para manipular os nutrientes, e desenvolver novos fertilizantes que tornem as plantas mais tolerantes aos estresses causados pelas alta e baixa temperaturas, bem como a falta de chuva, visando não só o aumento da produtividade, mas também a qualidade dos produtos agrícolas. O objetivo é melhorar a qualidade nutricional e as propriedades químicas promotoras da saúde das culturas.

Classificação

No total, foram 1.294 cientistas brasileiros classificados entre os 100 mil pesquisadores mais influentes, representando os 2% de maior destaque, conforme indicado no levantamento de 2022.

“É muito gratificante ficar entre 2% dos pesquisadores mais importantes do planeta e concorrer junto à área médica. Se você olhar na classificação, ela inclui áreas médicas, ciências biológicas, agronomia e veterinária. Estar classificado com grandes pesquisadores que estudam doenças como o câncer e a Covid e ser classificado entre esses 2% é muito importante; mostra o reconhecimento do trabalho que tenho desenvolvido ao longo dos anos”.

“Venho de uma família muito carente; meu pai não sabia assinar o próprio nome. Saí de casa cedo, em busca de um futuro melhor para todos nós; entrei na Unesp, consegui uma bolsa no meu primeiro ano de faculdade pela necessidade financeira, mas me apaixonei pela ciência. Hoje, ser reconhecido como um dos pesquisadores que trazem maior impacto na comunidade científica no mundo é muito gratificante”.

Além da família, o docente destaca que a Unesp teve um papel muito importante na sua vida acadêmica e recorda da sua trajetória.

Reis finaliza destacando que a classificação é um marco na história da Unesp de Tupã, “é a primeira vez que algum docente da Unesp de Tupã está classificado nessa categoria, então, para mim é motivo de muito orgulho”. Conta Reis.

Texto escrito por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =