EnglishJapanesePortugueseSpanish

INTERNACIONALIZAÇÃO

Beneficiária: Maria Gabriela Dantas Bereta Lanza

A aluna Maria Gabriela Dantas Bereta Lanza, graduanda em Engenharia de Biossistemas (2015-2020), pela Faculdade de Ciências e Engenharia (UNESP, Campus de Tupã), conquistou uma bolsa de estágio de pesquisa do exterior (BEPE) pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). O projeto aprovado faz parte de seu trabalho de iniciação cientifica intitulado como: ‘’ Análise do metabolismo de ureídeos e compostos nitrogenados em plantas de feijão-caupi em resposta a aplicação de selênio e relações com a qualidade nutricional do grão’’. O projeto tem como objetivo avaliar a produção de ureídeos em plantas de feijão-caupi em resposta a aplicação de Se visando aumentar a produtividade e melhoria na qualidade nutricional do grão.

O processo FAPESP n° 19/09935-9 foi desenvolvido em parceria com o pesquisador Martin Broadley, da University of Nottingham (Inglaterra). O laboratório do prof. Martin é referência mundial em pesquisas com biofortificação agronômica, e suas contribuições para a segurança alimentar impactam diretamente as populações nutricionalmente carentes.

Durante os 4 meses de colaboração na University of Nottigham, Maria Lanza realizou analises nutricionais em feijão-caupi biofortificado com Se, e determinou compostos antinutricionais nos grãos, como o ácido fitico, afim de melhorar a segurança dos alimentos consumidos, Além disso, a pesquisadora atuou em colaboração com o grupo de pesquisa do Prof. Martin Broadley, auxiliando pesquisas destinadas para as regiões da África, Ásia e Índia.

Além dos ganhos acadêmicos, a aluna teve a oportunidade de estar imersa em um intercâmbio cultural, aprimorando a sua fluência na língua e a capacidade de lidar com uma equipe multidisciplinar de alta produtividade no cenário internacional. Por isso, a conquista da integrante do grupo GEFA além de contribuir para as metas de internacionalização da Universidade Estadual Júlio de mesquita filho (UNESP), também contribui para o engajamento das pesquisas brasileiras no mundo.

Beneficiário: Vinicius Martins Silva

Durante meu mestrado, fui contemplado com a Bolsa de Estágio e Pesquisa no exterior (BEPE: processo 2017/21950-8), tal bolsa me permitiu usufruir de uma experiência internacional, pelo período de seis meses, na University of Nottingham.

Extração de Material vegetal para análise em ICP-MS

Entre o período de janeiro a julho de 2018, tive a oportunidade de trabalhar com o grupo de pesquisa do professor Ph.D. Martin R. Broadley. Devido à natureza de minhas pesquisas no GEFA, foi necessário utilizar a estrutura dos laboratórios do professor Broadley para a realização de algumas análises. Já que trabalho com Selênio, um elemento que se concentra nos tecidos vegetais em pequenas quantidades, portanto, só pode ser avaliado com acurácia em equipamentos muito sensíveis, como é o caso do Espectrofotômetro de Massa por Plasma Acoplado (ICP-MS). Durante a minha estadia em Nottingham, também avaliei a qualidade dos grãos de feijão-caupi, por meio de análises de fitato. Além disso, foram realizadas também análises de solo, para entender o comportamento do Se após ser aplicado, mas antes de ser absorvido pelas raízes das plantas.

A possibilidade de trabalhar em uma universidade estrangeira foi muito importante para o meu desenvolvimento pessoal e profissional. O contato com uma cultura distinta permitiu que eu pudesse assimilar atitudes e práticas de trabalho que me ajudaram a me tornar umas pessoas mais comprometida e produtiva. Além disso, os resultados analíticos oriundos da minha estadia em Nottingham foram cruciais para o pleno entendimento dos experimentos que me propus a realizar durante o meu mestrado. Conheci pesquisadores com os quais mantenho contato até hoje, com os quais continuo colaborando para gerar conhecimento na forma de publicações.

Ser membro do GEFA me possibilitou aproveitar essa oportunidade, já que o professor Martin Broadley é um dos principais colaboradores internacionais do grupo. Entretanto, a minha estadia em Nottingham permitiu que eu estreitasse laços com o grupo do professor Martin, de modo que acredito ter ajudado a tornar a colaboração entre os dois grupos ainda mais consolidada.